quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Estágio de Vivência em Educação do Campo

Com o objetivo de proporcionar maior integração-intercâmbio entre acadêmicos e professores da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) e os trabalhadores do Campo de diferentes regiões do Estado do Paraná, apresentamos Projeto de Extensão, visando a realização de estágios de vivência na prática.
O estágio ocorrerá por meio da vivência dos interessados com famílias do campo (assentamentos, acampamentos, ilhéus, vilas rurais, pequenos agricultores, comunidades indigenistas, quilombolas, entre outras), visando enriquecer a formação dos universitários e docentes, contribuindo com a formação dos que vivem, produzem, comercializam e vivenciam o campo. Íntegra do Projeto:

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ – UEPR
Campus Paranavaí
Projeto de Extensão: Estágio de Vivência em Educação do Campo (PEEVEC)
Prof. Dr. Elias Canuto Brandão
Colegiado de Pedagogia
Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas de Educação do Campo - GEPPPEC
Objetivo:
Proporcionar aos pesquisadores – acadêmicos e professores –, por meio de Estágio de Vivência em comunidades do campo, estudo das condições educacionais, sociais, políticas, culturais e econômicas dos trabalhadores do campo, intercambiando experiências.
Critérios para estagiar:
  • Ser pesquisador em Educação do Campo;
  • Estar inserido em Grupo de Pesquisa;
  • Ser aluno regular dos cursos de Graduação e Pós-Graduação.
Trajeto:
O deslocamento e o que dele decorrer (custos, custas e seguro) é de responsabilidade do estagiário.
Locais do PEEVEC:
Comunidades do Campo no Estado do Paraná.
Metodologia do Estágio:
  • Preenchimento de Ficha de Cadastro;
  • Integrar-se às atividades desenvolvidas pela família;
  • Acompanhar as atividades da comunidade;
  • Elaborar e apresentar relato de campo no GEPPPEC.
Permanência: Casas de famílias cadastradas.
Tempo da Vivência: De 20 a 40 horas.

Elias Canuto Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário